Kubernetes 1.9: suporte a Workloads API, Container Storage Enhancements e Windows Beta Support

A versão mais recente do framework para orquestração de container, o Kubernetes 1.9, suporta a versão GA da Workloads API, além de aprimoramentos diversos no armazenamento de containers e suporte ao Windows (beta). A equipe da Kubernetes anunciou o lançamento da versão 1.9 na última semana. Esta é a 4ª e final versão este ano e também suporta a validação Custom Resource Definition (CRD).



Workloads API

 

O release inclui a versão GA da Workloads API, que está habilitada por padrão. Ele agrupa diferentes APIs, como DaemonSet, Deployment, ReplicaSet e StatefulSet para facilitar workloads de longa duração e stateful no Kubernetes. Após mais de um ano de uso e feedback do mundo real, o Deployment e o ReplicaSet agora estão estáveis. Além disso, o grupo de interesse especial do SIG Apps aplicou as lições do processo nos últimos vários ciclos de lançamento para formar os componentes DaemonSet e StatefulSet. O Batch Workloads API (Job e CronJob) não é parte desse esforço e terá um caminho separado para a estabilidade da GA.


Suporte do Windows

 

O novo lançamento também suporta a versão beta do Kubernetes em execução, baseados em ambientes Windows. O Kubernetes foi originalmente desenvolvido para sistemas Linux, mas a equipe de desenvolvimento tem acompanhado mais demanda pelo Kubernetes para executar workloads no Windows. Depois de trabalhar nisso nos últimos 12 meses, o grupo de interesse especial do SIG-Windows promoveu o recurso para o status beta, o que significa que o Kubernetes pode ser avaliado para uso no Windows, tornando-o mais completo para versão enterprise. Acesse a documentação Getting Started sobre como usar o Windows Server Containers no Kubernetes.


Melhorias de armazenamento

 

O Kubernetes 1.9 também inclui uma implementação alpha do Container Storage Interface (CSI), o que facilita a instalação de novos plugins de volume e permite que provedores de armazenamento de terceiros desenvolvam suas soluções sem a necessidade de adicionar a base de código core do Kubernetes. O Container Storage Interface (CSI) é uma iniciativa padrão de mercado que visa reduzir a barreira para o desenvolvimento de armazenamento nativo da nuvem e garantir a compatibilidade. O grupo SIG-Storage e a CSI Community têm colaborado para fornecer uma interface única para provisionamento, attaching e montagem de armazenamento compatível com Kubernetes. Esse recurso está em status alpha, o que significa que ele deve ser habilitado explicitamente e não é recomendado para uso em produção.

Outras features disponíveis na nova versão incluem:

  •  Validação Custom Resource Definition (CRD) – elevada a beta – o que ajuda os autores da CRD a obter comentários claros e imediatos para objetos inválidos;
  • Acelerador de hardware SIG Node move-se para o alpha, habilitando GPUs e consequentemente o aprendizado de máquina e outras workloads de alto desempenho;
  • O CoreDNS alpha torna possível instalar o CoreDNS com ferramentas padrão;
  • O modo IPVS para o proxy Kube é beta, proporcionando melhor escalabilidade e desempenho para grandes clusters.

Para obter mais detalhes sobre todos os recursos, verifique os release notes.

O Kubernetes 1.9 está disponível para download no site do GitHub. Para quem está iniciando com o Kubernetes, confira estes tutoriais interativos e o site da documentação oficial do projeto.

 

Fonte: InfoQ

 

Gostou do conteúdo? Tem alguma dúvida? Entre em contato com nossos Especialistas Mandic Cloud, ficamos felizes em ajudá-lo.



Serviços e Plataformas Cloud