Infraestrutura Ágil na construção de um ambiente DevOps

Entrevistamos Gabriela Dias, Gerente de Engenharia na Mandic-Rivendel, para saber sua visão sobre Infra Ágil x código aberto (open source) x DevOps. Gabriela palestrou recentemente no FISL, com apoio da Mandic-Rivendel, onde falou sobre deploy automatizado, microsserviços e cases de sucesso em integração de sistemas:

Qual a importância do FOSS para a abordagem DevOps?

Desde o surgimento da cloud, depois do DevOps e agora do Big Data, o mundo open source vem ganhando um poder muito grande. Hoje as principais tecnologias presentes no mercado possuem ao menos o motor em código aberto. Na minha visão o mundo de tecnologia não teria avançado tanto no mundo se não fosse o código aberto.

Isso quebrou monopólios, uniu concorrentes e mudou a forma como o mercado de tecnologia funciona. Gosto muito de citar o Hadoop, que é um projeto open source da Fundação Apache e hoje todas as empresas que desenvolvem produtos para o mercado de Big Data usam algum componente do ecossistema Hadoop.  

Porque “Infra Ágil” e DevOps não podem ser tomados como sinônimos? O que diferencia um do outro?

O DevOps nasceu com a motivação de tornar a Infraestrutura Ágil, mas podemos dizer que a Infra Ágil é o pilar de Operações que viabiliza uma adoção da cultura DevOps em uma empresa. O DevOps acaba tendo um escopo bem maior que a infra ágil, pois visa principalmente a união entre Devs e SysAdmins, enquanto que Infra Ágil, bem parecido com o movimento do Desenvolvimento Ágil que surgiu lá em meados de 2001, é um movimento que visa tornar a infraestrutura automatizada, orquestrada, sendo tudo provisionado como código para ser possível falar de DevOps.

Infraestrutura Ágil - Infra ÁgilInfraestrutura Ágil

 

Quais são principais desafios da TI brasileira hoje para a construção de um ambiente de Infra Ágil que atenda às melhores práticas de mercado?

Na minha visão o maior desafio está na mudança de postura, numa liderança que entende práticas e metodologias ágeis, na escolha da stack de ferramentas e na reestruturação dos times visando um ambiente mais colaborativo, que não seja segmentando por competências e sim com uma visão de equipes multidisciplinares focadas em produtos.

Podemos afirmar que o conceito de Lean Startup de alguma forma converge para o de Infra Ágil? Qual seria a relação entre os dois em termos de negócio e desenvolvimento de software?

Acredito que converge sim, até porque a ideia de DevOps e Infra Ágil é baseada no LEAN visando sempre a melhoria contínua e evitando desperdícios.

Falando de frameworks e ferramentas, quais delas você recomendaria para quem está começando a se familiarizar com os conceitos de Infra Ágil? E para quem já trabalha na área e deseja se aperfeiçoar ainda mais, como você acha que esse mercado irá se desenvolver daqui pra frente?  

Para quem está começando alternativas de ferramentas de código aberto e com versões gratuitas talvez seja um bom caminho, pois é possível obter uma prova de conceito e colher resultados sem necessariamente ter custos com contratações de fornecedores ou até mesmo licenças. Outro ponto positivo nessa estratégia é que grande parte dessas ferramentas são maduras e usadas por grande corporações: é o caso, por exemplo, do Jenkins, Ansible, Git, GitLab, Chef, Terraform, entre outras.

Desenvolvendo uma Infraestrutura Ágil em Prol de uma Cultura DevOps

Confira mais sobre este conteúdo assistindo o webinar: “Desenvolvendo uma Infraestrutura Ágil em Prol de uma Cultura DevOps” realizado pela Mandic Cloud e apresentado por Gabriela Dias.

Infraestrutura Ágil com DevOps - Webinar

 

Gostou do conteúdo? Tem alguma dúvida? Entre em contato com nossos Especialistas Mandic Cloud, ficamos felizes em ajudá-lo.




Serviços e Plataformas Cloud