5 Ferramentas de automação de testes ao Selenium

A automação de testes tornou-se o “Santo Graal” na tendência ao sucesso ou falha das empresas de desenvolvimento software pelo mundo. Organizações que possuem automação de teste e integração contínua/entrega contínua incorporadas em pipelines de implementação conseguiram se manter à frente da concorrência ao lançarem seus produtos e serviços em um período de tempo relativamente rápido.

Um dos aspectos importantes da automação de testes bem-sucedida, contudo, é a seleção correta das ferramentas com as quais trabalhar.

Uma ferramenta errada designada para uma determinada tarefa:

  • Pode aumentar abruptamente a curva de aprendizado, de forma que treinar e conduzir a equipe se torna um pesadelo
  • Pode aumentar o tempo para desenvolver scripts de teste
  • Pode impedir a migração de scripts de teste legados

 

Portanto, selecionar o conjunto certo de ferramentas é uma decisão importante que as equipes DevOps e de software devem tomar em sua jornada para avançar em direção a 100% de automação de testes. Ao longo dos últimos anos, existem apenas duas ferramentas que os engenheiros adotaram mais ou menos como padrão: QTP e Selenium teste de software. Mas existe a sensação de que algumas dessas ferramentas não evoluíram o suficiente para combinar a atual taxa de desenvolvimento e padrões de deploy das empresas. Existe a necessidade de uma abordagem de teste mais inteligente e melhor automatizada que seja adequada para práticas rápidas e ágeis. Se este é o seu caso, neste post são apresentadas 5 Alternativas ao Selenium para Automação de Testes.
 

Ferramentas de Automação de Testes

 

Katalon Studio

Esta ferramenta combina a poderosa programação do framework Selenium teste de software para acompanhar uma GUI bem projetada e o resultado é uma poderosa plataforma de automação de teste. Construído em cima dos frameworks Selenium e Appium, o Katalon Studio pode ser usado para testes de aplicativos web, dispositivos móveis e REST.

A ferramenta pode ser integrada aos processos CI/CD e tem integrações com JIRA, Jenkins e Git. Também possui excelentes recursos de relatórios, onde o usuário pode enviar notificações de e-mail personalizadas com relatórios de teste de Excel, HTML e PDF. Além disso, incorpora uma plataforma de análise chamada Katalon Analytics, que fornece aos usuários visualizações abrangentes de relatórios de execução de teste através do painel, incluindo métricas e gráficos.

 

Testsigma

Automação de testes: Testsigma

Esta ferramenta contempla cada mínimo detalhe que todo engenheiro de automação de teste pode pensar, a partir de framework intuitivo, desenvolve testes rápidos usando o processamento de linguagem natural, e tem a capacidade de realizar serviços de testes para aplicativos web, dispositivos móveis e RESTful em uma única ferramenta. O Testsigma tem integração com Saucelabs e Browserstack para executar os testes, mas também é possível configurar os testes para serem executados na rede local (eles chamam de framework de teste híbrido, ou “hybrid test framework”).

 

Ghost Inspector

Automação de testes: Ghost Inspector

O Ghost Inspector é uma ferramenta de monitoramento e teste automatizado baseada em nuvem. Você pode pensar nele como uma ferramenta avançada de gravação e playback. O Ghost Inspector fornece plugins do Google Chrome e Firefox para gravar ações do navegador e permitir aos usuários salvar os testes em uma plataforma de nuvem. A melhor parte, contudo, é a capacidade de configurar as notificações e agendar testes, além de outras configurações relacionadas. A outra vantagem sobre a ferramenta é que os testes são muito estáveis e não sofrem com a falta de confiabilidade do Selenium Webdriver.

 

Fitnesse

Automação de testes: Fitnesse

O Fitnesse é um framework de teste de aceitação baseao em wiki. É um framework all-in-one, servidor web, wiki e ferramenta de teste automatizada. Uma vez que é baseado na web, qualquer um pode definir os testes, executá-los e visualizar os resultados. As partes interessadas do projeto não precisam realizar nenhuma instalação de ferramentas no final para definir e visualizar as especificações do teste. Isso se destaca como a maior vantagem de usar o Fitnesse quando comparado com outras ferramentas no mercado. Os testes podem ser definidos em várias linguagens, como Ruby, Python e PHP, bastando para isso instalar os plugins necessários. Também é possível definir especificações de teste baseadas em BDD usando plugins “GivWhenZen” ou “Jbehave“.

 

Hiptest

Automação de testes: Hiptest

O Hiptest é uma plataforma de teste do tipo BDD, baseada na nuvem, e permite que várias partes interessadas criem testes de aceitação colaborativamente. Fornece um ambiente em tempo real para a concepção, execução e refatoração de testes. As especificações de teste podem ser criadas na sintaxe de Gherkin e permitem criar palavras-chave específicas de domínio (chamadas Actionwords). Os testes podem ser exportados para várias linguagens/frameworks, incluindo Java, Ruby, Python, Robot Framework e Cucumber. O bacana sobre o Hiptest é que ele possui um plugin de integração do JIRA através do qual o status de pass/fail dos seus testes pode ser visto diretamente do JIRA.


 
 
Fonte: DZone.com
 
 

Gostou do conteúdo? Tem alguma dúvida? Entre em contato com nossos Especialistas Mandic Cloud, ficamos felizes em ajudá-lo.



Serviços e Plataformas Cloud